quinta-feira, 28 de março de 2013


Ao que preciso dar morte hoje, para gerar mais vida? O que sei que precisa morrer mas hesito em permitir que isso ocorra?
O que precisa morrer em mim para que eu possa amar?
Qual é a "não beleza" que eu temo?
Que utilidade pode ter para mim hoje o poder do "não belo"?
O que deveria morrer hoje?
O que deveria viver?
Qual vida tenho medo de dar à luz?
Se não for agora, quando?

Sem comentários:

Publicar um comentário